Cuidados no pré-natal: o que você não pode esquecer

O momento da notícia de espera de um bebê costuma ser recheado de emoções, comemorações e alegria.

No entanto, para curtir esse momento da melhor forma, com tranquilidade e segurança, o ideal é que, vivida a emoção inicial da descoberta, a futura mamãe não se esqueça de iniciar os cuidados essenciais do período.

A partir de então, ela passa a se dedicar aos preparativos para o parto e a chegada e também, não raramente, acaba vendo-se com dúvidas e preocupações naturais dessa fase.

Esses cuidados mencionados anteriormente, contudo, fazem parte do chamado pré-natal, que é, na verdade, não só um procedimento, mas sim uma série de ações de acompanhamento durante toda a fase da gravidez, que irão garantir uma gestação mais saudável e bem monitorada.

Com o pré-natal em dia as chances de evitar intercorrências e o momento do parto ser o mais equilibrado possível são muito maiores.

Dada essa importância, veja a seguir o que você não pode esquecer quanto aos cuidados no pré-natal e saiba já como começar a se preparar:

Atendimento médico

O primeiro passo que você tem que garantir é a sua consulta médica e, se possível, a escolha de um profissional que irá acompanhá-la durante o processo de cuidados no pré-natal.

O ideal é que ela seja marcada assim que souber da gestação.

Esse profissional estará apto a esclarecer dúvidas, recomendar procedimentos e/ou práticas necessárias a cada mamãe.

Isso porque, como cada gravidez é peculiar e cada situação pode ou não ensejar alguma investigação, início ou ajuste de conduta, é muito importante assegurar tal atendimento personalizado e não basear-se somente em informações de “senso comum”.

Somente um médico poderá avaliar esses fatores e isso é bastante importante, uma vez que nem sempre nos atentamos a situações como essas sem orientação.

Exemplo: mães que tomam algum medicamento que precisa ser suspenso ou reavaliado, profissionais que trabalhem em atividades que requeiram certos cuidados especiais ou afastamento nessa fase e assim por diante.

Exames para os cuidados no pré-natal

Assim que marcar a sua primeira consulta, o médico irá solicitar os primeiros exames necessários e inerentes ao período.

Por isso, mais uma vez, a importância da consulta.

É esse profissional (o médico) que pedirá os exames de protocolo mais importantes para detectar o estágio e as condições da gravidez (como ultrassom e exames de análises clínicas, a exemplo dos de sangue) e, após isso, indicar se está tudo ok ou se será necessário um acompanhamento mais detalhado de algum fator ou mesmo indicar possíveis exames complementares.

Conduta de acompanhamento

A seguir, com os exames feitos, o médico irá avaliar e definir a periodicidade das (próximas) consultas, a depender de cada caso, e também indicar a necessidade e tipo de vitaminas (podem ser receitados complexos vitamínicos) e suplementos para o período.

De um modo geral, a aferição de pressão arterial é outro item de atenção no momento das consultas ou sempre, caso essa seja a orientação médica.

Além do mais, algumas dicas úteis são válidas, como tomar cuidado com alimentação e esforços extremos e sinalizar quaisquer alterações ou intercorrências observadas a qualquer tempo, procurando o serviço médico recomendado.

E então, já marcou sua consulta de pré-natal ou está buscando uma rede ou profissional para te atender com confiança, agilidade e praticidade nesse momento tão importante e especial?
Está sem plano de saúde ou buscando alternativas? Não se preocupe!

Conheça ou consulte os serviços da Rede Saúde Fácil e garanta atendimento acessível, qualificado e fácil nessa etapa tão importante dessa experiência, que são os cuidados no pré-natal!

Tagged , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *